compartilhar esta notícia no facebook

publicada em 26/09/2018

Jacaré vai decidir vaga em casa

Em um jogo bastante truncado e marcado por muitas faltas e poucas chances claras de gols, as meninas do Rio Preto conseguiram arrancar um empate contra a Ferroviária, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Brasileiro A1.

Jogando na casa da adversária, no estádio fonte Luminosa, em Araraquara, o time comandado pela diretora Dorotéria Oliveira conseguiu segurar a pressão das donas da casa, que dominaram boa parte da partida e tiveram as melhores chances. Os dois gols saíram nos últimos minutos da etapa final.

Aos 42 do segundo tempo, Bárbara fez um passe longo para Raquel que, sem espaço para bater no gol, ajeitou para Ludmila que chutou de primeira no contrapé da goleira Rosany. As jogadoras da Ferroviária não tiveram muito tempo para comemorar. Um minuto depois, o Jacaré empatou com um gol da atacante Maria, aproveitando uma bobeira da zaga da Ferroviária.

Com o placar igualado, o Jacaré agora vai decidir em casa a vaga para a final da competição. O jogo de volta será no dia 10 de outubro, no estádio Anísio Haddad, em Rio Preto. Uma vitória simples coloca o jacaré no final da competição.

Para a diretora de futebol do Rio Preto, o empate foi um bom resultado. "Não é fácil jogar com a Ferroviária dentro da casa delas. Tomamos um gol, mas nosso time não de abateu e partirmos pra cima. Agora é o tudo ou nada em casa", disse Dorotéia.

Com duas semanas para o jogo de volta, as jogadoras do Rio Preto vão conseguir descansar e recuperar as energias. "Estava nítido o cansaço, ainda mais no segundo tempo. Viemos de uma sequência muito complicada, disputando duas competições simultâneas. Agora, teremos tempo para recuperar o cansaço", finalizou.

O jogo

Tanto no primeiro, quanto no segundo tempo, o Jacaré teve dificuldades de conseguir armar as jogadas e incomodar a zaga adversária. Por conta da marcação alta da ferroviária, o meio-campo do jacaré não conseguia trocar passes e teve que apostar nos ligamentos diretos feito pela goleira Rosany, estratégia que não surtiu efeito.

A equipe da Ferroviária teve mais posse de bola durante toda a partida e conseguiu chegar mais vezes com perigo ao gol do Rio Preto. No segundo tempo, o time da Ferroviária continuou superior e pressionando a equipe rio-pretense. Em duas oportunidades, a bola carimbou a trave da goleira Rosany. Depois de um bate-rebate dentro da área, a zagueira Carol Tavares quase fez um gol de bicicleta, a bola passou rente à trave. Visivelmente mais desgastado, o Rio Preto conseguia se defender bem e continuou apostando nos contra-ataques.

Ficha técnica

FERROVIÁRIA - 1

Luciana; Barrinha, Thaynara, Carol Tavares, Bárbara; Nicoly; Rafa Mineira, Ju Passari; Raquel. Rafa Travalão (Flavinha), Ludmila. Técnico: Celso Boffa.

RIO PRETO - 1

Rosany; Edilaine, Kah, Simeia, Dimenor; Rayane, Maria, Mari; Negona, Carol, Fafa. Técnica: Dorotéria Oliveira

Gols: Ludmila aos 42 e Maria, aos 43 minutos do 2º tempo. Árbitra: Fernanda Ignacio de Souza. Público: não informado. Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, na noite desta quarta-feira, 26.

Fonte: Felipe Nunes - Diário da Região

 

Deixe seu comentário aqui

 

  voltar

Próximo jogo

 


Não há jogo agendado até o momento.

 


Jogo anterior

0 x 4
26/10/2018 às 20:30hs - Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino - A1
Estádio Alfredo Schürig - São Paulo/SP

Parceiros & Patrocinadores