compartilhar esta notícia no facebook

publicada em 20/10/2018

Meninas do Jacaré iniciam briga pelo Bi

A primeira partida da final do Brasileiro Feminino A1 entre Rio Preto/Smel e Corinthians neste sábado, 20, às 15 horas, no estádio Anísio Haddad, em Rio Preto, terá o reencontro das ex-companheiras de time e artilheiras, Lelê e Adriana. Lelê se tornou a principal atacante do Jacaré, suprindo a saída de Adriana, que defendeu o clube em duas temporadas, se destacou e foi para o Corinthians.

"Ela é uma excelente jogadora e temos que ter atenção ao marcá-la, pois sabemos que não podemos dar espaço pra ela", comentou Lelê.

Além de Adriana, Millene e Kamilla também defenderam as cores esmeraldinas em temporadas passadas e tentarão impedir o bicampeonato rio-pretense. As ex-companheiras ainda mantêm contato e se falam quando podem. "Quando entramos dentro de campo esquecemos as amizades", disse Lelê.

É o primeiro duelo entre as equipes na temporada em confronto imprevisível. O Jacaré tem 63% de aproveitamento e as paulistanas 81,5%. "A expectativa é grande, sabemos que vamos enfrentar a melhor equipe do campeonato e temos grande responsabilidade", disse Lelê.

Artilheira do Rio Preto na temporada com 29 gols, 11 deles no Brasileiro, Lelê foi a grande novidade deste ano ao deixar de atuar como volante e descobrir-se atacante, principalmente após a saída do trio titular do ano passado, formado por Darlene, Adriana e Millene. Para comparação, na temporada passada Lelê marcou apenas dez gols.

"Vamos dar o nosso melhor. Pretendo fazer gol e ajudar a equipe a sair com a vitória. Com certeza vamos ter dificuldades, elas têm um conjunto de atletas experiente e de qualidade, mas nós também temos. O jogo será definido em detalhes", prevê a atacante.

No banco de reservas, o técnico Chicão Reguera será ausência, já que foi expulso na semifinal contra a Ferroviária. A diretora Dorotéia Oliveira comanda a equipe. "Já está acostumada, vou ficar ali perto do banco para ajudar", disse Chicão.

A única dúvida é a meio-campista Jéssica, com problemas estomacais. Ela tem treinado em ritmo mais lento e pode ficar de fora da decisão. "Não estou 100%, vou ter certeza na hora do jogo mesmo. Até tenho treinado mas não dá para garantir. Quero muito participar, mas não posso prejudicar a equipe não estando bem", explicou. A experiente meia é a artilheira do duelo Rio Preto e Corinthians, ao lado de Adriana, ambas com três gols.

Caso não jogue, a atacante Carol deve entrar na lateral-esquerda e Di Menor será adiantada para o ataque. "Ela tem habilidade e bom cruzamento e pode ajudar a Lelê lá na frente", afirmou Chicão.

Sobre o reencontro com as ex-jogadoras, Chicão lamentou ter perdido as atletas e prevê um bom jogo. "Acho que nem elas (corintianas) esperavam que estivéssemos na final. Além delas, saíram a Maiara e a Darlene. Talvez elas sintam um pouco, jogaram muito tempo aqui", falou o técnico.

Retrospecto
  • 4 vitórias - 1 empate - 2 derrotas
  • 11 gols marcados pelo Jacaré
  • 6 gols anotados pelo Corinthians

Artilheiras no confronto:

  • 3 gols - Jéssica e Adriana (hoje no Timão), ambas pelo Rio Preto
FICHA TÉCNICA

RIO PRETO

Zany; Fafá, Siméia, Di e Di Menor; Suzana, Mariana e Karina; Jéssica (Carol), Maria e Lelê. Técnica: Dorotéia Oliveira.

CORINTHIANS

Lelê; Katiuscia, Érika, Mimi e Yasmin; Gabi Zanotti, Grazi e Ana Vitória; Marcela, Millene e Adriana. Técnico: Arthur Elias.

Árbitro: Rejane Caetano da Silva. Local: estádio Anísio Haddad, em Rio Preto, neste sábado, 20, às 15 horas. 

Fonte: Victor Stok - Diário da Região.

 

Deixe seu comentário aqui

 

  voltar

Próximo jogo

 


Não há jogo agendado até o momento.

 


Jogo anterior

0 x 4
26/10/2018 às 20:30hs - Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino - A1
Estádio Alfredo Schürig - São Paulo/SP

Parceiros & Patrocinadores